Artigo original escrito por: Oleg Romanyuk
Artigo original: NodeJS vs Python: How to Choose the Best Technology to Develop Your Web App's Back End
Traduzido e adaptado por: José Vidal de Melo

Neste artigo, seremos ousados e afirmaremos que uma dessas tecnologias está ganhando. A questão é: qual delas? Vamos em frente para descobrir.

Histórico e visão geral

Node.js e Python estão entre as tecnologias mais populares de desenvolvimento para back-end. O conhecimento comum sustenta que não existem linguagens de programação melhores ou piores e que tudo depende das preferências de cada desenvolvedor.

No entanto, neste artigo, vou ser corajoso e afirmar que uma dessas tecnologias – Node.JS ou Python 3 – está ganhando. Qual delas será? Vamos ver.

Os critérios que vou considerar são:

  1. Arquitetura
  2. Velocidade
  3. Sintaxe
  4. Escalabilidade
  5. Extensibilidade
  6. Bibliotecas
  7. Universalidade
  8. Curva de aprendizado
  9. Comunidade
  10. Aplicativos para os quais é mais adequada

Antes de entrar em uma comparação detalhada lado a lado, você pode dar uma olhada neste infográfico para obter uma compreensão geral.

Angular_React__2_-min

Uma breve visão geral

Node.JS

O Node.JS não é uma linguagem de programação, mas um ambiente de tempo de execução de código aberto para JavaScript. Foi lançado inicialmente em 2009 por Ryan Dahl. A última versão – Node.JS 18.4.0 – foi lançada em abril de 2022.

A coisa mais notável sobre o Node.js é que ele é baseado na engine V8 do Google. Ele é uma máquina virtual com interpretador, compiladores e otimizadores integrados. Escrito em C++, essa engine foi projetada pelo Google para ser usada no Google Chrome. O objetivo desse mecanismo é compilar funções JavaScript em um código de máquina. O V8 é conhecido por sua alta velocidade e desempenho em constante avanço.

Python

Python é uma linguagem de programação de alto nível de código aberto. Foi lançada em 1991 por Guido van Rossum. A versão mais recente é a 3.10.5 e foi lançada em junho de 2022. O Python 3.7, no entanto, ainda é a versão mais popular.

O Python é executado principalmente na Google App Engine. Também desenvolvida pelo Google, a App Engine permite desenvolver aplicativos da Web com Python e permite que você se beneficie de inúmeras bibliotecas e ferramentas que os melhores desenvolvedores do Python usam.

Node.JS x Python: 0 – 0

Arquitetura

Node.JS

O Node.js foi projetado como um ambiente orientado a eventos, que permite entrada/saída assíncrona. Um determinado processo é chamado assim que o respectivo evento ocorre, o que significa que nenhum processo bloqueia a thread. A arquitetura orientada a eventos do Node.js é perfeitamente adequada para o desenvolvimento de aplicativos de bate-papo e jogos da web.

Python

Por outro lado, o Python não foi projetado dessa maneira. Você pode usá-lo para criar um aplicativo assíncrono e orientado a eventos com a ajuda de ferramentas especiais. Módulos como o asyncio possibilitam escrever código assíncrono em Python como seria feito em Node.js. Essa biblioteca, porém, não está incluída na maioria dos frameworks Python e requer um pouco de esforço adicional.

Essa arquitetura orientada a eventos traz o primeiro ponto para o Node.js.

Node.JS x Python: 1 – 0

Velocidade

Node.JS

Em primeiro lugar, como o código JavaScript no Node.js é interpretado com a engine V8 (na qual o Google investe pesadamente), o desempenho do Node.js é notável.

Em segundo lugar, o Node.js executa o código fora do navegador da Web, de modo que o aplicativo é mais eficiente em termos de recursos e tem melhor desempenho. Isso também permite que você use recursos que não podem ser usados ​​em um navegador, como soquetes TCP.

Em terceiro, a arquitetura sem bloqueio orientada a eventos permite que várias solicitações sejam processadas ao mesmo tempo, o que acelera a execução do código.

E, finalmente, o cache de módulo único é habilitado no Node.js, o que reduz o tempo de carregamento do aplicativo e o torna mais responsivo.

Python

Tanto o Python quanto o JavaScript são linguagens interpretadas e geralmente são mais lentas que linguagens compiladas, como o Java. O Python é derrotado pelo Node.js neste caso.

Ao contrário do Node.js, o Python é de fluxo único e as solicitações são processadas muito mais lentamente. Portanto, o Python não é a melhor escolha para aplicativos que priorizam velocidade e desempenho ou envolvem muitos cálculos complexos. Assim, os aplicativos web em Python são mais lentos que os aplicativos web do Node.js.

Como o Node.js é mais rápido, ele ganha um ponto em termos de desempenho e velocidade.

Node.JS x Python: 2 – 0

Sintaxe

Node.JS

A sintaxe, na maioria das vezes, é uma questão de preferência pessoal. Se eu começar a dizer que uma é melhor e a outra é pior, sei que enfrentarei muitas críticas e ceticismo de nossos leitores.

Na verdade, a sintaxe do Node.js é bastante semelhante a do JavaScript do navegador. Portanto, se você estiver familiarizado com JavaScript, não terá dificuldades com o Node.js.

Python

A sintaxe do Python é frequentemente considerada sua maior vantagem. Ao codificar em Python, os desenvolvedores de software precisam escrever menos linhas de código do que se estivessem codificando em Node.js. A sintaxe do Python é muito simples e não usa chaves.

Por causa disso, o código é muito mais fácil de ler e depurar. Na verdade, o código Python é tão legível que pode ser entendido por clientes com algum conhecimento técnico. Mas, novamente, isso depende da preferência pessoal.

No final, como a sintaxe do Python é mais fácil de entender e aprender para iniciantes, o Python ganha um ponto aqui.

Node.JS x Python: 2 – 1

Escalabilidade

Node.JS

O Node.js poupa você da necessidade de criar um grande núcleo monolítico. Em vez disso, você cria um conjunto de microsserviços e módulos, e cada um deles se comunicará com um mecanismo leve e executará seu próprio processo. Você pode adicionar facilmente um microsserviço e um módulo extras, o que torna o processo de desenvolvimento flexível.

Além disso, você pode dimensionar facilmente um aplicativo da web do Node.js horizontal e verticalmente. Para dimensioná-lo horizontalmente, você adiciona novos nós ao sistema que possui. Para dimensioná-lo verticalmente, você adiciona recursos extras aos nós que possui.

E, finalmente, em termos de tipagem, você tem mais opções no Node.js do que no Python. Você pode usar JavaScript com tipagem fraca ou TypeScript com tipagem forte.

Python

Para dimensionar um aplicativo, o multithreading precisa ser ativado. Mas Python não suporta multithreading por usar o Global Interpreter Lock (GIL).

Embora o Python tenha libs para multithreading, não é um multithreading "verdadeiro". Mesmo se você tiver várias threads, o GIL não permite que o interpretador Python execute tarefas simultaneamente, mas faz com que ele execute apenas uma thread por vez. O Python precisa usar o GIL mesmo que isso afete negativamente o desempenho porque o gerenciamento de memória do Python não é seguro para threads.

Além disso, a linguagem Python é tipada dinamicamente. No entanto, as linguagens tipadas dinamicamente não são adequadas para grandes projetos com equipes de desenvolvimento crescentes. À medida que cresce, o sistema gradualmente se torna excessivamente complexo e difícil de manter.

Evidentemente, o Python perde um pouco para o Node.js em termos de escalabilidade.

Node.JS x Python: 3 – 1

Extensibilidade

Node.JS

O Node.js pode ser facilmente personalizado, estendido e integrado a várias ferramentas. Ele pode ser estendido com a ajuda de APIs integradas para o desenvolvimento de servidores HTTP ou DNS.

Ele pode ser integrado ao Babel (um compilador JS) que facilita o desenvolvimento de front-end com versões antigas do Node ou do navegador.

O Jasmine é útil para testes de unidade e o Log.io é útil para o monitoramento e solução de problemas do projeto. Para migração de dados, gerenciamento de processos e agrupamento de módulos, você pode usar o Migrat, o PM2 e o Webpack.

O Node.js também pode ser estendido com frameworks como Express, Hapi, Meteor, Koa, Fastify, Nest, Restify e outros.

Python

O Python foi lançado em 1991 e, ao longo de sua história, muitas ferramentas e estruturas de desenvolvimento foram criadas.

Por exemplo, o Python pode ser integrado no Sublime Text, um editor de código bastante conhecido, que oferece alguns recursos adicionais de edição e extensões de sintaxe.

Para a automação de testes, existe o Robot Framework. Existem também alguns frameworks poderosos de desenvolvimento para a web, como Django, Flask, Pyramid, Web2Py ou CherryPy.

Assim, ambas as redes são facilmente extensíveis e ambas ganham um ponto.

Node JS x Python: 4 – 2

Bibliotecas

Node.JS

No Node.js, as bibliotecas e os pacotes são gerenciados pelo NPM – o Node Package Manager. É um dos maiores repositórios de bibliotecas de software. O NPM é rápido, bem documentado e fácil de aprender.

Python

Em Python, bibliotecas e pacotes são gerenciados pelo Pip, que significa “Pip install Python”. O Pip é rápido, confiável e fácil de usar, então os desenvolvedores também acham fácil aprender a trabalhar com ele.

Novamente, ambos ganham um ponto.

Node JS x Python: 5 – 3

Universalidade

Node.JS

O Node.js é usado predominantemente para o desenvolvimento para o back-end de aplicativos da web. No entanto, para desenvolvimento para o front-end, você usa JavaScript para que o front-end e o back-end compartilhem a mesma linguagem de programação.

Com o Node.js, você pode desenvolver não apenas aplicativos da web, mas também aplicativos móveis para desktop e híbridos, além de soluções de nuvem e IoT.

O Node.js também é multiplataforma, o que significa que um desenvolvedor pode criar um único aplicativo de desktop que funcionará no Windows, Linux e Mac. Essa universalidade é uma ótima maneira de reduzir os custos do projeto, pois uma equipe de desenvolvedores pode fazer tudo.

O Python é full-stack, podendo, assim, ser usado tanto para desenvolvimento para o back-end quanto para o front-end. Semelhante ao Node.js, o Python é multiplataforma. Por isso, um programa em Python escrito no Mac será executado no Linux.

Tanto o Mac quanto o Linux têm o Python pré-instalado. No Windows, contudo, você precisa instalar o interpretador do Python.

Embora o Python seja ótimo para desenvolvimento para a web e desktops, é bastante fraco para a computação móvel. Portanto, os aplicativos móveis geralmente não são escritos em Python. Quanto às soluções de IoT e IA, a popularidade do Python está crescendo rapidamente.

Em termos de universalidade, Node.js e Python andam lado a lado. Seria justo conceder a cada um um ponto aqui.

Node JS x Python: 6 – 4

Curva de aprendizado

Node.JS

O Node.js é baseado em JavaScript e pode ser facilmente aprendido por desenvolvedores iniciantes. Assim que você tiver algum conhecimento de JavaScript, dominar o Node.js não deverá ser um problema.

A instalação do Node.js é bastante simples, mas apresenta alguns tópicos avançados. Por exemplo, pode ser difícil entender sua arquitetura orientada a eventos no início. A arquitetura orientada a eventos tem um impacto notável no desempenho do aplicativo, mas os desenvolvedores geralmente precisam de algum tempo para dominá-la.

Por outro lado, se você é proprietário de uma empresa, pode enfrentar o problema de contratar especialistas de baixa qualidade. Você também pode, no entanto, resolver esse problema contratando uma empresa confiável de desenvolvimento de software.

Python

Se você não conhece JavaScript e precisa escolher o que aprender – Python ou Node.js – provavelmente deve começar com o primeiro. Python pode ser mais fácil de aprender, pois sua sintaxe é simples e compacta.

Normalmente, escrever uma determinada função em Python exigirá menos linhas de código do que escrever a mesma função em Node.js. Isso nem sempre é o caso, pois o tamanho do seu código depende muito do seu estilo e do paradigma de programação. Outra vantagem é que não são usadas chaves, como no JavaScript.

Aprender Python também ensina como recuar seu código corretamente, já que a linguagem é sensível à indentação e aos espaços em branco (o mesmo vale, nesse último caso, para o Node.js). O problema com linguagens sensíveis a indentação e espaços em branco é que um único erro de indentação ou um parêntese mal colocado pode quebrar seu código sem motivo óbvio. Novos desenvolvedores podem achar difícil solucionar esses problemas.

Instalar o Python é mais difícil do que instalar o Node.js. Se você tiver Linux ou Windows, poderá instalar o Python sem problemas. Se você usa o MacOS, verá que ele tem o Python 2.0 pré-instalado – mas não pode usá-lo, pois interferirá nas bibliotecas do sistema. Em vez disso, você precisa baixar e usar outra versão. Ao configurar o ambiente de desenvolvimento, não se esqueça de selecionar a versão adequada.

Tanto o Python quanto o Node.js são fáceis de aprender. Assim, é difícil dizer objetivamente qual é mais simples. Também é uma questão de preferência pessoal. Por isso, mais uma vez, ambas as tecnologias recebem um ponto.

Node JS x Python: 7 – 5

Comunidade

Node.JS

A comunidade do Node.js é grande e ativa. É uma linguagem de código aberto madura com uma enorme comunidade de usuários. Passaram-se dez anos após seu lançamento e desenvolvedores de todo o mundo seguem amando essa tecnologia. Como proprietário de uma empresa, você pode encontrar facilmente os desenvolvedores do Node.js. Como desenvolvedor, você sempre pode contar com o suporte de colegas.

Python

O Python é um pouco mais antigo que o Node.js e também é de código aberto. A comunidade de usuários tem um imenso número de colaboradores com diferentes níveis de experiência. Mais uma vez, se você for um empresário ou um desenvolvedor, você se beneficia da grande comunidade.

Tanto o Python quanto o Node.js têm ótimas comunidades, então ambos recebem um ponto.

Node JS x Python: 8 – 6

Apps para os quais é mais adequado

Node.JS

Devido à sua arquitetura baseada em eventos, o Node.js se adapta perfeitamente a aplicativos que têm várias solicitações simultâneas, renderização pesada do lado do cliente ou embaralhamento frequente de dados de um client para um servidor.

Alguns exemplos incluem soluções de IoT, chatbots e mensageiros em tempo real e aplicativos complexos de página única.

O Node.js também funciona bem para desenvolver serviços de colaboração em tempo real ou plataformas de streaming. No entanto, o Node.js não é a melhor opção para desenvolver aplicativos que exigem muitos recursos de CPU.

Python

O Python é adequado para o desenvolvimento de projetos pequenos e grandes. Ele pode ser usado para aplicativos de ciência de dados, que envolvem análise e visualização de dados, para sistemas de reconhecimento de voz e rosto, software de processamento de imagem, redes neurais e sistemas de aprendizado de máquina. Ele também pode ser usado para o desenvolvimento de software de modelagem em 3D e jogos.

Ambas as tecnologias permitem desenvolver uma ampla variedade de aplicativos. Qual deles é mais adequado depende exclusivamente do que você precisa. Portanto, escolher um melhor não faz nenhum sentido. Aqui, nenhuma das tecnologias ganha pontos porque não competem diretamente dessa maneira.

Node JS x Python: 8 – 6

Para encerrar

Você se lembra de que eu disse que provaria que uma tecnologia é melhor que a outra? Bom!

Mas você também deve se lembrar de que cada projeto de software tem suas próprias necessidades e requisitos e você deve escolher sua tecnologia com base nessas necessidades.

Uma linguagem que funciona para um projeto pode não funcionar para outro!

Agora, posso tirar conclusões. Com a pontuação de 8 a 6, o Node.js está um pouco à frente do Python. Lembre-se desses resultados ao escolher Python x JavaScript para o desenvolvimento para a web.

Você tem uma ideia para um projeto?

A empresa do autor, a KeenEthics, não pode ajudar você com Python, mas eles são uma empresa experiente em Node.js, disposta a aceitar o desafio. Se você está pronto para mudar o jogo e iniciar seu projeto, sinta-se à vontade para entrar em contato com eles.

Se você gostou do artigo, com certeza deve ler outras comparações maravilhosas: Angular vs React: What to Choose for Your App? ou Progressive Web Apps vs Accelerated Mobile Pages: What's the Difference and Which is Best for You? (ambos os textos em inglês)

P.S.

O autor também gostaria de agradecer a Yaryna Korduba, uma das mais incríveis desenvolvedoras para a web da KeenEthics, por inspirar e contribuir com esse artigo.

O artigo original postado no blog da KeenEthics pode ser encontrado aqui: NodeJS vs Python: Choosing the Best Technology to Develop Back-End of Your Web App (texto em inglês)